Styvenson se filia ao “Podemos”, de Antônio Jácome

Antônio-Jácome-e-StyvensonO senador Capitão Styvenson Valentim anunciou que agora faz parte do Podemos, partido liderado nacionalmente pelo também senador Álvaro Dias, que se candidatou à Presidência da República em 2018. No Rio Grande do Norte o partido tem como principal expoente o ex-deputado Antônio Jácome, que não conseguiu se eleger senador. Em carta aberta à população, Styvenson apresenta as razões pelas quais optou pela legenda, dizendo que é a que melhor se alinha às suas convicções e que lhe dá liberdade e possibilidade de interação direta com os eleitores.

Segundo a carta, o convite partiu de Álvaro Dias. “Coloquei minhas condições de liberdade, de independência de pensamento, de atos, e meu compromisso com o meu estado. Minhas condições foram aceitas e por isso decidi me aproximar. O partido ainda dispõe de mecanismos para consultar a população em tempo real sobre assuntos importantes, possibilitando a participação social em todos os aspectos”, escreveu o capitão.

Triunfos no Congresso consolidam poder do DEM

Rodrigo MaiaA renovação política impulsionada pelas redes sociais varreu velhas figuras e oligarquias, mas o DEM voltou ao poder com força. Depois de amargar um décimo lugar geral em votos nas eleições para deputado federal e um quinto para senador em 2018, o partido inverte a posição na influência política com a reeleição de Rodrigo Maia (RJ) no comando da Câmara e a vitória de Davi Alcolumbre (AP) na disputa pela presidência do Senado.

A façanha do DEM, como o PFL de Antonio Carlos Magalhães, Marco Maciel e Jorge Bornhausen foi rebatizado há 12 anos, ocorre meses depois de o partido obter três ministérios do governo Jair Bolsonaro. A legenda conseguiu construir um atalho à barreira “ética” imposta pelo núcleo dos generais e emplacar os deputados Luiz Henrique Mandetta (MS) na pasta da Saúde, Tereza Cristina (MS) na Agricultura e, em especial, Onyx Lorenzoni na chefia da Casa Civil. Os três foram citados em denúncias.

Ezequiel Ferreira é reeleito presidente da Assembleia

EzequielllO deputado estadual Ezequiel Ferreira, do PSDB, foi reeleito presidente da Assembleia Legislativa. A votação que o reelegeu aconteceu minutos após a a cerimônia desta sexta-feira, 1º, que deu posse aos parlamentares eleitos em 2018. Ezequiel Ferreira foi reeleito com o voto de 23 dos 24 parlamentares. Houve uma abstenção na votação que aconteceu de maneira secreta.

“A Assembleia dá uma demonstração de maturidade quando todos convergem em um mesmo ideal. Agradeço e desejo a todos os deputados um mandato de efetivação na vida daqueles que mais precisam”, falou o presidente após a reeleição.

TRE mantém ressalvas nas contas de campanha de Fátima

TREDe volta às atividades, a corte eleitoral do Rio Grande do Norte realizou nesta segunda-feira (21) a primeira sessão plenária do ano de 2019. Ao todo, cinco processos foram analisados e julgados pela Justiça Eleitoral potiguar. A sessão marca o início dos trabalhos a serem realizados pela corte eleitoral neste ano.

Dentre os processos analisados, o TRE-RN julgou os embargos de declaração na prestação de contas das candidatas eleitas, Maria de Fátima Bezerra (governadora), e Zenaide Maia (senadora). Quanto ao primeiro caso, sob relatoria do juiz André Pereira, a corte votou pelo conhecimento e desprovimento dos embargos, mantendo a decisão da aprovação com ressalvas das contas da governadora eleita.

Já com relação ao segundo processo, sob relatoria do juiz Francisco Glauber, a Justiça Eleitoral votou por unanimidade pelo conhecimento e desprovimento dos embargos, de modo a manter a aprovação das contas da senadora Zenaide Maia.