José Dias retoma defesa das reformas no País

Em pronunciamento no
plenário da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (26) o deputado José
Dias (PSDB) retomou a defesa da aprovação das reformas que vão ser votadas no
Congresso Nacional, ao considerar que elas são indispensáveis para se encontrar
uma solução para a crise que o País atravessa.
“As reformas
trabalhista e da Previdência de forma nenhuma vão atingir os direitos do povo
brasileiro. Não vou desertar da minha trincheira cívica. Não vou renegar a
minha consciência. Só posso exercer a minha condição de político se tiver a
mínima consciência. A razão é um poder que Deus nos deu para utilizar em
benefício do povo”, afirmou o parlamentar.
José Dias disse que o
País atravessa a maior crise de sua história e está na falência, devendo em
torno de um trilhão de dólares. De acordo com o seu pronunciamento, o grande
endividamento foi construído pelo governo do PT, nos últimos 13 anos.
“Estamos em marcha
batida para um quadro pior do que a tragédia que estamos vivendo hoje. Se as
medidas necessárias tivessem sido tomadas anteriormente, não estaríamos vivendo
esse quadro de hoje. As reformas são uma tentativa de conseguir vantagens para
os trabalhadores e para o País, mas os pregoeiros da mentira se mobilizam
porque parece que a verdade é mais difícil de carregar do que a mentira”
afirmou o deputado.
José Dias reforça que
as reformas vão modernizar o que é possível. Para ele, a reforma da Previdência
assegurará os direitos dos mais pobres, daqueles que necessitam da atenção
continuada. “Se for votada vai diminuir as desigualdades no País”.

“Se as reformas forem
aprovadas, elas têm o papel de alimentar um raio de esperança. Sem isso haverá
muita tristeza e aí sim o povo vai para a rua com o mesmo desespero que está
ocorrendo na Venezuela”, concluiu o deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *