WhatsApp baniu mais de mil contas por disparo em massa durante 1º e 2º turno das eleições

whatsAppO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o WhatsApp divulgaram na última quinta-feira (3) um balanço das medidas para combater o disparo em massa de mensagens e a circulação de notícias falsas durante as eleições municipais de 2020.

No total, foram 1.042 contas banidas entre 27 de setembro a 29 de novembro. O período compreende o início da propaganda eleitoral e o 2º turno das eleições municipais. Entre o dia 16 e 29 de novembro, período do 2º turno, foram 38 contas suspensas.

O canal de denúncias estabelecido entre o TSE e WhatsApp ficará disponível até o fim das eleições em Macapá: 6 de dezembro se terminar em 1º turno ou 20 de dezembro se for necessário 2º turno. O WhatsApp disse que independente do canal com o TSE, baniu 360 mil contas no Brasil por envio massivo ou automatizado de mensagens (abuso/spam) no período de setembro a novembro de 2020.

Senado aprova aumento de penas para fraudes eletrônicas

www, internet,código binárioO Senado aprovou hoje (25) projeto de lei (PL) que aumenta penas para quem comete fraudes eletrônicas. O código penal prevê o crime de furto como passível de pena de um a quatro anos. De acordo com o texto, as penas podem ir de três a seis anos de reclusão para quem cometer crimes de furto usando meios eletrônicos ou informáticos. O projeto segue para a Câmara dos Deputados.

O projeto é de autoria de Izalci Lucas (PSDB-DF). Segundo Izalci, a pandemia da covid-19 fez crescer a incidência desse tipo de crime no país e atingiu, inclusive, os beneficiários do auxílio emergencial. Izalci havia proposto uma previsão de pena maior, de quatro a oito anos, mas foram reduzidas no relatório aprovado em plenário.

O texto ainda acrescenta hipótese de agravamento da pena de crime contra a honra quando cometido usando a internet. O PL tipifica o crime de “invasão de dispositivo informático” como a conduta de obter, adulterar ou destruir dados ou informações sem autorização do usuário do dispositivo ou instalar vulnerabilidades para obter vantagem ilícita.

Facebook e Twitter terão alerta em posts que declarem vitória antecipada nas eleições dos EUA

FACEBOOKO Facebook e o Twitter anunciaram medidas para conter a desinformação sobre o resultado das eleições nos Estados Unidos, que acontecem nesta terça-feira (3). Ambas as redes sociais disseram que vão incluir um alerta em publicações que declarem um vencedor antes do resultado oficial. Os aplicativos do Facebook, incluindo o Instagram, terão um destaque no topo com informações sobre as eleições.

As redes anunciaram que se um candidato ou partido declarar uma “vitória prematura”, um selo abaixo da publicação vai dizer que “os votos estão sendo contados” e que o vencedor ainda não foi anunciado. Publicações que faça alegações para que as pessoas não votem serão removidas, segundo a empresa.

Relógios de alguns celulares foram adiantados mesmo sem horário de verão

horário de verãoO relógio de alguns aparelhos de celular do sistema operacional Android foram adiantados automaticamente em uma hora à meia-noite deste domingo (1). Os aparelhos podem não ter a informação para evitar a alteração que seria feita se houvesse horário de verão, que foi cancelado pelo governo de Jair Bolsonaro em 2019.

O Google havia feito um alerta na sexta-feira. Essa alteração automática de horários acontece principalmente em aparelhos com versões anteriores ao Android 10, que foi lançado no ano passado. Há duas semanas alguns usuários já tinham relatado que seus celulares adiantaram o relógio. Isso aconteceu porque, até 2017, o horário do verão começava no mês de outubro. Em 2018, a última vez em que foi adotado, ele começou no 1º domingo de novembro.

Saiba corrigir

Nos aparelhos Android

  • Toque no ícone “Configurar”;
  • toque na opção “Data e hora”;
  • desmarque a opção “Data e hora automáticas”;
  • configure manualmente a hora correta.

Cientistas encontram gás na atmosfera de Vênus que pode indicar vida extraterrestre

venus2Um grupo internacional de cientistas publicou nesta segunda-feira (14), na revista científica “Nature”, um artigo que aponta a descoberta do gás fosfina na atmosfera de Vênus. A fosfina é um gás que existe também na Terra. A descoberta sugere que o planeta pode hospedar vida microbiana. “Isso pode apontar para a presença de vida nas nuvens do planeta”, informou a líder do estudo, Jane Greaves, professora da Universidade de Cardiff, no Reino Unido.

A fosfina existente na atmosfera terrestre é produzida por micróbios anaeróbicos (que não precisam de oxigênio) ou pela atividade industrial. Em Vênus, os cientistas acreditam que ele pode ter origem em processos fotoquímicos ou geoquímicos desconhecidos. Os cientistas não conseguiram identificar a fonte.

Utilizadores não sabem quanto tempo passam no Facebook, diz estudo

facebookUma pesquisa realizada no Facebook revela que os utilizadores da rede social têm pouca noção do tempo que passam na plataforma e da quantidade de vezes que a visitam.

“Os participantes sobrestimaram a quantidade de tempo que passam no Facebook e menosprezaram o número de vezes que visitam [a rede social]”, pode se ler nas conclusões do estudo. No gráfico abaixo é possível ter uma ideia dos resultados da pesquisa.

Como pode ver, foram poucos os participantes no estudo que passavam mais do que três horas no Facebook, mesmo que tivessem a ideia contrária. Por outro lado, poucas pessoas consideravam que abriam a aplicação mais do que 10 vezes por dia.

WhatsApp ganha recurso de pesquisa para checar mensagens

WhatsAppO WhatsApp anunciou nesta segunda-feira (3) que começou a testar um novo recurso para que os usuários possam verificar na internet o conteúdo de mensagens encaminhadas. Ao receber uma mensagem ou link encaminhado, uma lupa irá aparecer ao lado. Ao clicar no botão, o aplicativo abre uma janela de busca do Google sobre o tema (veja a imagem acima). A ideia é que os usuários possam checar se a informação é verdadeira ou falsa.

De acordo com a empresa, o recurso de pesquisa já está disponível para os usuários do Brasil e mais 6 países (Espanha, Estados Unidos, Irlanda, Itália, México e Reino Unido) que usam a versão mais recente do WhatsApp para Android e iOS, e do WhatsApp Web/Computador.

“Ao fornecer uma maneira simples de pesquisar na internet sobre o conteúdo desse tipo de mensagem, podemos ajudar nossos usuários a encontrar notícias ou outras fontes de informação sobre o conteúdo recebido”, disse a empresa em seu blog oficial.

Usuários relatam problemas para acessar WhatsApp

downwhatsUsuários do WhatsApp relataram problemas no funcionamento da plataforma na tarde desta terça-feira (14). No Twitter, o termo WhatsApp apareceu como o assunto mais comentado por volta das 17h, com mais de 400 mil menções.

Inicialmente, as reclamações dos internautas eram direcionadas ao serviço de desktop, WhatsApp Web. Porém, também houve instabilidade na versão para smartphones. O site Down Detector, que aglomera relatos de consumidores sobre o status de serviços online, apresentou uma alta no nível de reclamações a partir das 16h30, registrando mais de 30 mil manifestações às 17h14.

Às 17h30, cerca de uma hora após o início das reclamações, houve queda no número de usuários que relataram problemas com a plataforma. Fora do Brasil também houve relatos de instabilidade no WhatsApp. O site Outage Reports regitrou mais de 1.500 reclamações, vindas da Europa e da costa Oeste dos Estados Unidos.

Instagram libera envio de mensagens usando o computador

instagramA partir desta sexta-feira (10), o Instagram vai permitir que usuários possam trocar mensagens via Direct usando um computador. Até então, a funcionalidade só era possível nos smartphones. A caixa de mensagens (Inbox) poderá ser acessada de qualquer computador, desde que o usuário esteja logado no Instagram.

Também será possível criar novas mensagens e chats em grupos, responder aos Stories, compartilhar publicações do feed e curtir mensagens. O Instagram ainda diz que as funções terão a mesma facilidade de uso no celular e no desktop. Um exemplo é o duplo clique para curtir uma mensagem, por exemplo. Em janeiro, o Instagram lançou essas novas funções. Porém, elas eram limitadas a um grupo pequeno de usuários.

WhatsApp libera modo escuro para iPhone e Android

WhatsAppO WhatsApp anunciou nesta terça-feira (3) a liberação do uso do aplicativo no modo escuro (ou noturno) aos usuários de iPhone e Android. O recurso estava em testes desde janeiro, na versão beta do aplicativo. O modo escuro foi projetado para reduzir a fadiga ocular em ambientes com pouca luz e evitar aqueles momentos quando o telefone ilumina a sala.

“Durante os testes, descobrimos que combinar preto e branco puro cria alto contraste que pode levar à fadiga ocular. Portanto, você notará um fundo cinza escuro especial e uma cor esbranquiçada que diminui o brilho da tela, reduz o brilho e melhora o contraste e a legibilidade”, diz o WhatsApp, que pertence ao Facebook.