Geoparque Seridó lança HQ sobre diversidades do território

3917c42e-1c6b-4ad5-b4a5-1a259901ca55A Acauã Cauã é uma ave fofoqueira que voa por todo lado e acaba sabendo de tudo que acontece na região. Seu amigo Calungu, é um calango batedor de perna e metido a geólogo. Já Madu, o mandacaru, é divertido e acolhedor, apesar dos espinhos. Cauã, Calungu e Madu são alguns dos personagens inspirados na geodiversidade e biodiversidade do Geoparque Seridó, do Rio Grande do Norte, e destacados na recém-lançada revista em quadrinhos que conta de modo lúdico e criativo a história da região para alunos do ensino fundamental.

A primeira tiragem, limitada a 400 unidades, é chamada de Mascotes do Geoparque Seridó – Nas diversidades do território, e apresenta os sete personagens que através de diversas aventuras percorrem o geoparque descobrindo suas riquezas e diversidades.

A iniciativa acontece dentro do projeto de extensão Geoeducação no Geoparque Seridó em jogos, materiais e atividades lúdicas, do Departamento de Geologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Prefeito de Serra Negra do Norte é eleito presidente do Consórcio de Resíduos Sólidos do Seridó

SERGINHO-SERRA-NEGRAA nova diretoria do Consórcio Público Regional de Resíduos Sólidos do Seridó foi eleita nesta segunda-feira (11). A reunião virtual aclamou de forma unânime a chapa única encabeçada pelo prefeito da cidade de Serra Negra do Norte, Sérgio Fernandes, para o biênio 2021-2022.

Abrangendo 25 municípios (24 da região do Seridó além de Santana do Matos), o consórcio em 2021 deverá debater pautas importantes, com foco na proteção do meio-ambiente. Além de Serginho como presidente, a nova composição tem como vice-presidente o prefeito de Lagoa Nova, Luciano Santos, que já esteve à frente do órgão; o prefeito de Timbaúba dos Batistas, Ivanildinho, como tesoureiro. Já no conselho fiscal os prefeitos Odon de Currais Novos, Amazan de Jardim do Seridó e Gilson de Carnaúba dos Dantas.

O Consórcio de Resíduos Sólidos do Seridó foi formalizado em 2009 e a grande luta dos gestores é quanto à viabilidade de contar com um aterro regional para destinação adequada dos rejeitos. Para Serginho um grande desafio que abraça e tentará lutar por toda região. “Com o sentimento de unidade e amor ao nosso Seridó, aceitei o desafio, que não será fácil. Mas, com a ajuda de todos os prefeitos, vamos tirar do papel o sonho de construção do aterro sanitário da região do Seridó”.

Ceres inscreve para seleção 2021 do Mestrado em História dos Sertões

HISTÓRIAPara o Processo Seletivo 2021 estão sendo ofertadas 20 vagas, sendo 14 para demanda de ampla concorrência; duas destinadas para capacitação interna de servidores efetivos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte UFRN e quatro para a política de ações afirmativas. Em se tratando das ações afirmativas, duas vagas serão destinadas ao atendimento de pessoas negras (pretas e pardas) ou indígenas ou quilombolas (PNIQ) e duas serão destinadas a pessoas com deficiência (PcD).

As informações e inscrições podem ser acessadas a partir do site do Mestrado em História dos Sertões, clicando-se no menu Processos Seletivos.  As inscrições podem ser feitas até o dia 18 de janeiro, e tanto a inscrição quanto as etapas do Processo Seletivo ocorrerão na modalidade remota.

A coordenação do Mestrado também disponibilizou em arquivo único, compactado, para download, todos os textos listados no Apêndice H – Referências indicadas para a Defesa do Projeto de Pesquisa e demonstração de conhecimento na área de História dos Sertões.

Praça Monsenhor Paulo Herôncio em Currais Novos será inaugurada amanhã

PRAÇA MON PAULO NOITESerá inaugurada neste domingo a Praça Monsenhor Paulo Herôncio, em Currais Novos. A data marca os 120 anos de nascimento do sacerdote que fez história quando esteve à frente da paróquia de Sant’Ana. O local foi reformado e ampliado com objetivo de revitalizar o espaço público, avivar a memória do religioso e ofertar um equipamento de lazer repaginado, amplo e que atende aos critérios de acessibilidade. Todo o investimento foi proporcionado através do empresário Sérgio Dantas que é devoto e admirador do Monsenhor Paulo, através de uma parceria público-privada.

A programação começa às 19 horas com a celebração da Santa Missa na Matriz de Sant’Ana, presidida pelo bispo diocesano Dom Antônio Carlos e concelebrada pelos padres das paróquias de Currais Novos. Devido à pandemia o público será restrito. Em seguida todos seguem para o espaço da praça onde acontecerá a benção e o descerramento da placa. Tudo será transmitido ao vivo pela TV Cristo Rei, Rádio Currais Novos e plataformas digitais da paróquia.

Seridó Cine abre inscrições para produções audiovisuais do Nordeste

Seridó Cine - Manda FilmesEstão abertas as inscrições para o Seridó Cine, festival audiovisual da região Seridó, interior do Rio Grande do Norte. O evento vai priorizar produções realizadas na região Nordeste em cinco mostras: Mostra RN Ficção, Mostra RN DOC, Mostra Curta Arretada, Mostra Arretada e Mostra Clip. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em formulário disponibilizado no site do festival, no período de 22/12 a 05/01.

O Seridó Cine surge com o objetivo de fomentar o audiovisual no interior do Rio Grande do Norte e valorizar as produções nordestinas. Os vencedores de cada mostra estarão concorrendo a premiações, conforme regulamento, concedidos pelo júri oficial e popular.

O festival será realizado entre 8 e 13 de fevereiro, em ambiente online. Além das mostras de filmes, o Seridó Cine vai realizar oficinas de cinema e concurso para produção de filmes na região do Seridó. As informações estarão disponíveis no www.seridocine.com.br.

Jovem morre perder controle e cair com carro dentro de rio no Seridó

whatsapp-image-2020-12-21-at-07.40.13Um adolescente de 16 anos morreu em um acidente na noite deste domingo (20), na rodovia RN-089, no município de Ouro Branco, na região Seridó potiguar. Segundo a polícia, o rapaz estava dirigindo um carro, quando perdeu o controle em uma curva e caiu dentro de um rio.

Segundo informações a Departamento de Polícia Rodoviária Estadual (DPRE), o menor, identificado como Sandoaldo Silva de Medeiros Júnior, estava voltando de Ouro Branco com destino a Jardim do Seridó, onde morava. Ele seguia pela RN-089, por volta das 18h30, quando perdeu o controle da direção em uma curva, bateu na barreira de proteção de uma ponte e caiu dentro do Rio Raposa.

MDR anuncia investimentos de R$ 51 milhões para obras que vão garantir a segurança hídrica no RN

MDRO Governo Federal vai investir R$ 51 milhões para garantir a segurança hídrica no Rio Grande do Norte. O aporte foi anunciado nesta quinta-feira (3) pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que visitou as barragens Oiticica, em Jucurutu, e Passagem das Traíras, em Jardim do Seridó.

A maior parte dos recursos será voltada a Oiticica, que receberá R$ 40 milhões do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para a continuidade do empreendimento. Toda a obra está orçada em R$ 547,9 milhões, sendo R$ 530,9 milhões em recursos da Pasta. Desse total, R$ 483,3 milhões já foram repassados pela União – sendo R$ 231 milhões desde janeiro de 2019 e R$ 130 milhões apenas este ano. O Governo do Rio Grande do Norte, responsável pela execução do empreendimento, arca com R$ 19 milhões em contrapartidas.

O ministro Rogério Marinho destacou que a construção da Barragem Oiticica foi iniciada há mais de 20 anos e ainda não foi finalizada – atualmente, as obras estão 86% concluídas e a projeção é de que elas ser finalizadas até outubro de 2021. Além disso, o ministro reforçou o compromisso do Governo Federal em finalizar obras estruturantes que vão trazer benefícios à população.

“Esta é uma das mais importantes obras hídricas que estão sendo construídas com recursos do Governo Federal, que começou a ser erguida há mais de 20 anos e é mais um exemplo daquelas obras que se arrastam há longo tempo sem uma conclusão. Para se ter uma ideia, nesses dois anos de governo do presidente Jair Bolsonaro, o Governo Federal aportou R$ 230 milhões e agora trazemos mais R$ 40 milhões, para que não haja interrupção no cronograma físico-financeiro”, destacou Marinho. “Estamos empenhados para que essa obra possa ser terminada em 2021, porque ela é essencial para permitir e regular o regime de cheias do Rio Piranhas-Açu e recepcionar essas águas do Rio São Francisco”, completou.

São José do Seridó e Equador recebem projeto “Energia com Cidadania”

EnergiaComCidadania_Cosern (1)As cidades de São José do Seridó e Equador, na região do Seridó, vão receber desta segunda (30/11) até o próximo sábado (05/12) a visita do projeto Energia com Cidadania, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Cosern, regulado pela Aneel. Em São José do Seridó, as ruas visitadas ficam nos bairros Centro, Nova Bonita, Beira Rio e Liberdade. Já em Equador, o projeto passará pelas ruas do Centro, Alto do Juazeiro, Dinarte Mariz e Alto da Bela Vista.

No novo formato, por causa das medidas preventivas contra o coronavírus, uma dupla se desloca em um veículo, por vezes acompanhado de um carro de som, e vai parando de porta em porta dos clientes que atendem aos critérios definidos pelo projeto. Entre janeiro e outubro de 2020, o projeto já substituiu 17.433 lâmpadas ineficientes por LED em 14 municípios potiguares, beneficiando 4.786 clientes

Critérios para participar:

Ser cliente residencial ou rural-residencial;
Ser morador de comunidade popular ou estar cadastrado na TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica);
Apresentar a conta de energia do mês anterior paga;
Não ter débitos com a Concessionária;
Não ter trocado lâmpadas em projetos da Concessionária nos últimos 6 anos (limite máximo de 5 lâmpadas);
Entregar as lâmpadas incandescentes, fluorescentes ou halógenas usadas (potência igual ou superior a 14W);
Documentos pessoais (RG e CPF).

Governo lança edital para contratações na obra do Complexo de Oiticica

OITICICAO Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), divulgou ontem (04) dois editais de concorrência pública, voltados para atender às obras do Complexo de Oiticica.

O lançamento dos editais busca a contratação de pessoas jurídicas para a prestação de serviços de consultoria, compreendendo o gerenciamento e a supervisão das obras do Complexo, bem como a aquisição de equipamentos hidromecânicos para a Tomada D’água Suplementar da Barragem (Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional – PISF).

Conforme prevê a legislação, os editais de nº 002/2020 e 003/2020 foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) e no Diário Oficial da União (DOU), além de jornal de grande circulação e têm como prazos para recebimento de envelopes contendo documentos de habilitação, proposta técnica e proposta de preços das empresas interessadas os dias 08 e 21 de dezembro, respectivamente. As sessões públicas para recebimento de envelopes acontecerão às 10h, na sede da secretaria localizada à Rua Dona Maria Câmara, 1884, Capim Macio, Natal – RN.

SEMARH promove a participação do Seridó em Conselho de Combate à Desertificação

Na manhã desta quinta-feira (15), o Governo do Estado do Rio Grande do Norte deu mais um importante passo em direção à concretização da Política Estadual de Combate e Prevenção à Desertificação no Estado, instituída pela Lei nº 10.154/17.

Em reunião promovida pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), em parceria com a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó (ADESE), foram escolhidos os primeiros representantes da sociedade civil, ligados às comunidades rurais do Seridó, que irão compor o Conselho Deliberativo de Combate à Desertificação.

Criada em 2017, por iniciativa do então deputado estadual Fernando Mineiro, a lei dependia da formação do referido Conselho para sair do papel. Composto por representantes de órgãos públicos (Semarh, Emater, ALRN e mais um representante do Poder Executivo estadual), do setor acadêmico (UFRN, UERN e IFRN), bem como da sociedade civil (ONGs, empresas e comunidades rurais diretamente afetadas), o conselho irá fazer a gestão da implementação da lei, garantindo a representatividade de todos os atores envolvidos no processo de enfrentamento à realidade da desertificação.