Acari e Currais Novos voltam a ter abastecimento normal de água

GargalheirasA Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) informou nesta segunda-feira (23) que as cidades de Acari e Currais Novos, no Seridó potiguar, saíram da situação de rodízio no abastecimento de água e entraram na normalidade.

Segundo a Caern, isso se deve à recuperação hídrica dos açudes Gargalheiras (em Acari) e Dourado (em Currais Novos) com as chuvas desse início de ano. De acordo com o último boletim divulgado pelo Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte (Igarn), em 19 de março, o Gargalheiras está com 19% de volume, enquanto o Dourado atingiu os 100% e sangrou no início do mês.

Os dois municípios tinham como sistema original de abastecimento o Gargalheiras, que pode acumular mais de 44 milhões de metros cúbicos de água, enquanto o Dourado chega a pouco mais de 10 milhões. Com a seca total que atingiu o Gargalheiras em 2015, no entanto, Acari e Currais Novos passaram a receber água de uma adutora emergencial com captação na barragem Armando Ribeiro.

O Dourado chegou a ter o abastecimento reativado com as chuvas de 2019 e, depois de ficar novamente quase seco, o açude sangrou neste ano. Com isso, o excesso de água segue para o Gargalheiras. Assim, o Dourado está enviando água para Currais Novos diariamente, mas ainda necessita de contribuição do Gargalheiras em dias alternados.

Educandário Santa Teresinha usa plataformas digitais para manter aulas durante quarentena

Apresentação1Com o fechamento das escolas por causa da prevenção ao novo coronavírus – Covid-19, em Caicó-RN e região, o Educandário Santa Teresinha juntamente com o SAS – Plataforma de Educação manteve suas aulas através de plataformas digitais, com atividades on-line e vídeo aulas, evitando a perda do desenvolvimento pedagógico e da rotina das crianças e adolescentes.

A ideia, de acordo com a equipe pedagógica e diretiva da instituição, é replicar a rotina de uma escola, oferecendo aulas diárias, com conteúdos teóricos, exercícios e manter a interação entre alunos e professores.

Além das aulas on-line, pensadas para viabilizar aos estudantes a continuidade da prática dos estudos, outras atividades estão sendo elaboradas pelos professores e encaminhadas aos seus alunos. Serão, ainda, disponibilizados plano de estudos, livros digitais e plataformas de exercícios (Eureka! SAS e Tarefa On-Line) com atividades lúdicas, pedagógicas e adaptativas aos discentes.

Para acessar as aulas clique em: https://aovivo.saseducacao.com.br/

Confira o volume chuvas caídas no Seridó nesta segunda-feira (16/03)

Bairro Barra Nova/Caicó – 79,5mm / 100mm

Bairro Walfredo Gurgel/Caicó – 77mm / 90mm

Bairro João XXIII/Caicó – 60mm

Bairro Recreio/Caicó – 42mm

Bairro Boa Passagem/Caicó – 60mm

Bairro Salviano Santos/Caicó – 55mm

Avenida Rio Branco (IV Regional) / Caicó – 62mm

Rua Felipe Guerra (Centro)/ Caicó – 60mm

Bairro Paraíba/Caicó – 68mm / 80mm

Bairro Penedo/Caicó – 60mm

Castelo Branco/Caicó – 89mm

Bairro Maynard/Caicó – 85mm / 97,5mm / 105mm

Sítio Caiçara/Caicó – 110mm

Sítio Pitombeira/Caicó – 80mm

Itans (Dnocs) / Caicó – 75mm

Sítio Várzea Redonda/Caicó – 45mm

Sítio Barra do Lagedo/Caicó – 90mm

Sítio Macambira/Caicó – 52mm

Sítio Barbosa de Cima/Caicó – 80mm

Sítio Umbuzeiro/Caicó – 79mm

Sítio Riacho do Meio/Caicó – 32mm

Passagem das Traíras/Caicó – 60mm

Sítio Várzea Alegre/Caicó – 110mm

Sítio Seridozinho/Caicó – 115

Sítio Batentes/Caicó -118mm

Campal da Barra (Barra da Espingarda) /Caicó – 127mm

Barra da Espingarda/Caicó – 150mm

Sítio Nova Olinda/Caicó – 105mm / 129mm

Sítio Retiro/Caicó – 118mm

Sítio Manhoso/ Caicó – 88mm

Sítio Umari/Caicó – 110mm / 120mm

Sítio Buriti/Caicó – 130mm

Sítio Riacho da Serra/Caicó – 80mm

Sítio Caboclos/Caicó – 40mm

Sítio Laginhas/Caicó – 50mm

Sítio Inês Velha/Caicó – 40mm

Sítio Pau d’arco/Caicó – 50mm

Sítio Serrote Agudo/Caicó – 63mm

Vila II – Sabugi/Caicó – 60mm

Sítio Solidão/Caicó – 32mm

Sítio Saquinho/Caicó – 35mm

Sítio Carrapateira/Caicó – 35mm

Sítio Mossoró/São João do Sabugi – 21mm

Sítio Cordeiro/São João do Sabugi – 19mm

Sítio Caieira/São João do Sabugi – 20mm

Sítio Casa Nova de Brejinho/São João do Sabugi – 22mm

Sítio Valentim Gomes/São João do Sabugi -22mm

Sítio Salgado dos Medeiros/São João do Sabugi – 22mm

Sítio Jerusalém/São João do Sabugi – 25mm

São João do Sabugi/RN – 23mm 30mm

Timbaúba dos Batistas/RN – 18mm

Sítio Entre Serras/Serra Negra do Norte – 36mm

Sítio Belo Monte/Serra Negra – 60mm

Sítio Lagoa da Serra/Serra Negra do Norte – 35mm

Sítio Alecrim/Serra Negra do Norte – 14,4mm

Sítio Angicos/Serra Negra – 18mm

Sítio Picos/Serra Negra do Norte – 20mm

Sítio Floresta/Serra Negra do Norte – 18mm

Sítio Barra da Maniçoba/Serra Negra do Norte – 46mm

Sítio Arapuá/Serra Negra do Norte – 60mm

Serra Negra do Norte/RN – 44mm / 50mm

Sítio Ramada/são Fernando – 24mm

Sítio Santa Cruz/Jardim de Piranhas – 25mm

Jardim de Piranhas/RN – 40mm

Sítio São Francisco/São José do Seridó – 48mm

Sítio Jerimum/Ouro Branco – 65mm

Sítio Bom Sucesso/Ouro Branco – 121mm

Sítio Gurupé/Ouro Branco – 115mm

Sítio Carnaúba/Ouro Branco – 110mm

Sítio Timbaúba dos Gorgônios/Ouro Branco – 140mm

Ouro Branco/RN – 70mm

Alto da Usina/Jardim do Seridó – 25mm

Sítio Cabaceira/Jardim do Seridó – 50mm

Sítio Várzea do Barro/Parelhas – 80mm

Santana do Seridó/RN – 44mm

Rio do Meio/Cruzeta – 45mm

Assentamento João da Cruz/Florânia – 19mm

Sítio Jucuri/Florânia – 42,5mm

Sítio Santa Luzia/B. Brejo do Cruz – 29mm

Sítio Santa Casa/B. Brejo do Cruz – 15mm

Informações: ouvintes do Sistema Rural de Comunicação e canal das chuvas

Gargalheiras volta a abastecer Currais Novos

GargalheirasApós quase cinco anos, o reservatório Marechal Dutra – conhecido como Gargalheiras – voltou a abastecer a cidade de Currais Novos, complementando a água fornecida pelo Açude Dourado. A informação foi confirmada pela Caern. .

De acordo com a Caern, ambos os mananciais tiveram uma recarga importante na última semana: o Gargalheiras saiu do volume morto e praticamente seco para quase 14,61% de sua capacidade, segundo o boletim mais recente do Instituto de Gestão das Águas (Igarn); enquanto o Dourado passou de 2% para seu volume total de armazenamento, atingindo a sangria.

Com este cenário positivo, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) retomou o fornecimento de água pelo Gargalheiras para Currais Novos, o que não interfere no abastecimento de Acari, que continuará a receber água com a mesma vazão. O Gargalheiras não abastecia Currais Novos desde setembro de 2015. Desde então, apenas a cidade de Acari era abastecida pelo açude.

Confira registros de chuvas neste sábado (07/03) no Seridó

Bairro barra nova/Caicó – 07,5mm

Bairro paulo vi (caic)/Caicó – 14mm

Bairro castelo branco/Caicó – 11mm

Bairro paraíba/Caicó – 07,5mm

Bairro recreio/Caicó – 08mm

Dnocs (itans)/Caicó – 29mm

Sítio pitombeira/Caicó – 40mm

Sítio umari/Caicó – 23mm / 30mm (dois registros)

Sítio umbuzeiro/Caicó – 30mm

Sítio manhoso/Caicó – 30mm

Sítio riacho da serra/Caicó – 49mm

Sítio muluguzinho/Caicó – 13mm

Sítio macambira/Caicó – 13mm

Sítio bom jesus/Caicó – 20mm

Sítio carrapateira/Caicó – 24mm

Sítio caboclos/Caicó – 28mm

Sítio Inácio/Caicó – 25mm

Distrito Laginhas/Caicó – 22,5mm

Sítio pau d’arco/Caicó – 20mm

Chácara formigueiro – Passagem das Traíras/Caicó – 08mm

Distrito palma/Caicó – 39mm

Sítio floresta/Serra Negra do Norte – 124mm

Sítio picos/Serra Negra do Norte – 130mm

Sítio barra do cãibra/Serra Negra do Norte – 190mm

Sítio vassouras/Serra Negra do Norte – 150mm

Sítio belo monte/Serra Negra do Norte – 120mm

Sítio pintado/Serra Negra do Norte – 130mm

Posto j. marques/Serra Negra do Norte – 120mm

Sítio curral queimado/ Serra Negra – 129

Sítio entre serras/Serra Negra do Norte – 90mm

Sítio velame/Serra Negra – 90mm

Sítio arapuá/Serra Negra do Norte – 66mm

Sítio Pitombeira/Serra Negra do Norte – 02mm

Serra Negra do Norte/RN – 66mm / 93mm (dois registros)

Sítio Ramada/São Fernando – 21,5mm

Bairro Vital Galdino/São Fernando – 18mm

Sítio Garcia/São Fernando – 21mm

Sítio Santa Cruz/Jardim de Piranhas – 15mm

Sítio Assembleia/Jardim de Piranhas – 13mm

Sítio Estreito/Jucurutu – 03mm

Acari/RN – 18mm

Fazenda Suécia/São José de Espinharas/PB – 40mm

Sítio Santa Luzia/B. Brejo do Cruz/PB – 17mm

Sítio Braz Félix/B. Brejo do Cruz/PB – 08mm

Informações: ouvintes do sistema rural de comunicação e canal das chuvas

“A nossa expectativa é de boas chuvas em Março, Abril e Maio aqui na região”, diz meteorologista da Emparn

PALESTRA EM JARDIM DO SERIDÓEssa expectativa foi apontada pelo meteorologista da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN, Emparn, Gilmar Bristot. Ele foi o palestrante do encontro “Condições de Chuvas para 2020 no Seridó Potiguar”, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (05/03) no auditório da Câmara Municipal de Vereadores de Jardim do Seridó. Neste evento o Comitê da Bacia Hidrográfica dos rios Piancó-Piranhas-Açu esteve representado pelo segundo secretário, Procópio Lucena, e pelo coordenador do Centro de Apoio ao CBH PPA, Emídio Gonçalves.

“Estamos no princípio do período chuvoso com as boas chuvas caídas em Janeiro, Fevereiro e no início de Março. Alguns pequenos reservatórios da região já estão com a capacidade máxima e estamos com expectativa de que, com as boas condições que os oceanos estão entregando para a atmosfera – Oceano Pacífico frio e Oceano Atlântico Norte quente – teremos boas chuvas nos meses de Março, Abril e Maio aqui na região”, explicou o meteorologista.

De acordo com o que foi apresentado na palestra, as precipitações devem ficar entre 800 e 1200 milímetros. “Vai depender da região do Estado, mas esperamos que as precipitações fiquem numa média entre 800 e 1200 milímetros. Aqui para o Seridó, principalmente na parte ocidental que engloba Caicó e municípios vizinhos, estamos esperando entre 850 e 900 milímetros de chuvas. Já na parte oriental, que engloba Parelhas, Jardim do Seridó, Currais Novos e outros municípios, aguardamos entre 800 e 850 mm”, disse Gilmar Bristot.

Mesmo em obras, Barragem Passagem das Traíras já acumulou mais de 2m de coluna d’água

WhatsApp-Image-2020-03-04-at-22.40.23A Barragem Passagem das Traíras já acumulou 2,32m de coluna d água. A informação foi repassada pelo segundo secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica dos rios Piancó-Piranhas-Açu, José Procópio de Lucena. Ele visitou a barragem nesta quarta-feira (04/03) e constatou o acumulado d’água. O reservatório está em obras de recuperação e a etapa inicial é a abertura da fenda na ombreira esquerda da barragem.

O investimento de abertura desta fenda custará de R$ 549,6 mil, e evitara o risco de ruptura do reservatório. No início de 2019, a Governadora determinou a realização de estudos e a confecção do projeto de recuperação de Passagem das Traíras, aplicando R$ 575 mil dos recursos do Tesouro Estadual. A ação era uma resposta ao relatório divulgado pela Agência Nacional das Águas no ano anterior destacando os danos estruturais no reservatório.

Última sangria do Açude Dourado aconteceu em maio de 2011

AÇUDE DOURADOA população de Currais Novos amanheceu feliz com a sangria do Açude Dourado, que atingiu a cota máxima as 00h43 desta terça-feira (03/03/2020). O reservatório currais-novense não enchia totalmente desde maio de 2011 e, desde 2013, o açude estava seco.

No último Relatório de Situação Volumétrica dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado pelo Igarn, o Dourado foi listado como um dos açudes com “nível de alerta”. Agora, segundo Adelson Santos, funcionário da Companhia de Águas e Esgotos (Caern) na região, já sangra com um bom volume d’água. A capacidade total do Açude Dourado é de 10.321.600 m³ e atualmente o manancial está com 8.362.432 m³.

Após chuvas, volume do Açude Dourado sobe quase 80% em quatro dias no RN

DOURADO - CURRAIS NOVOSApós as chuvas que ocorreram no Rio Grande do Norte, o Açude Dourado, em Currais Novos, Seridó potiguar, saiu de 1,71% de sua capacidade hídrica para 81,02% em quatro dias, de acordo com o Instituto de Gestão das Águas (Igarn). O Relatório de Situação Volumétrica dos Principais Reservatórios Estaduais foi divulgado nesta segunda-feira (2).

A última medição havia ocorrido na quinta (27), quando o Dourado foi listado pelo Igarn como um dos açudes com “nível de alerta”. Agora, segundo Adelson Santos, funcionário da Companhia de Águas e Esgotos (Caern) na região, falta pouco mais de 60 centímetros para o reservatório sangrar. A capacidade total do Açude Dourado é de 10.321.600 m³ e atualmente o manancial está com 8.362.432 m³.

Segundo o Instituto, outros reservatórios que receberam “recargas consideráveis” foram: Malhada Vermelha, localizado em Severiano Melo, que passou de 4,34% da sua capacidade total para 9,92%; Riacho da Cruz, que passou de 65,68% para 76,91% e Santo Antônio de Caraúbas, que passou de 35,47% para 47,99%.