Governo do RN receberá a doação de 2.500 máscaras para os profissionais da saúde

4b4b9cf71bf763b20d8ff019879c0c5aO Governo do Rio Grande do Norte formou uma grande corrente de solidariedade com o objetivo de conter o avanço da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Nesta sexta-feira (27), o Governo do Estado recebeu a notícia da doação de 2.500 máscaras de proteção para uso de médicos e profissionais de saúde.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI /RN) vai doar ao Estado 1.500 máscaras de proteção em acrílico do tipo ‘face shield‘, que foram desenvolvidas e produzidas pelo Instituto de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER), que pertence à instituição.

As primeiras 200 unidades foram entregues nesta sexta-feira (27) e serão distribuídas aos hospitais Universitário Onofre Lopes (Huol), Municipal de Natal, Gizelda Trigueiro e ao Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim.

As outras 1.300 máscaras face shield, estão sendo produzidas e serão entregues à medida em que forem concluídas. A secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) fará a distribuição junto aos hospitais de referência no interior do estado.

RN passa a ter 68 casos confirmados de coronavírus em 11 cidades

coronavirusCom 23 novos casos confirmados neste domingo (29) pela Secretaria Estadual de Saúde, o Rio Grande do Norte passa a ter 68 pessoas com o novo coronavírus – Covid-19. As cidades com casos confirmados são Natal (34), Mossoró (16), Parnamirim (9), Assú (1), Caicó (1), Macaíba (1), Monte Alegre (1), Passa e Fica (1), São Gonçalo do Amarante (1), São José de Mipibu (1) e Tibau (1).

O boletim epidemiológico revela ainda que há 1.414 casos suspeitos e 367 foram descartados. A primeira morte por Covid-19 no estado aconteceu na noite de sábado (28): trata-se de um professor de química, de 61 anos. Até este sábado (28), 45 pacientes tinham testado positivo para a doença. Segundo a pasta, há ainda um caso confirmado de uma pessoa residente na cidade de Recife e que foi atendida no RN.

RN recebe lote com 168 mil vacinas para campanha de imunização contra gripe

VACINAA Secretaria de Estado da Saúde Pública recebeu nesta sexta-feira (27) 168 mil doses de vacina contra gripe enviadas pelo Ministério da Saúde para a campanha de imunização. A quantidade corresponde a 15% do público-alvo e na fase atual é destinada aos idosos e profissionais de saúde.

De acordo com a pasta, o material está sendo distribuído aos municípios, que são responsáveis pela aplicação das vacinas. De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações do RN, Katiucia Roseli, parte dos municípios já estavam com estoques zerados.

Em 2020, o Estado prevê a imunização de 1.108.180. Para isso, o Ministério da Saúde enviará 1.214.800 doses, que garantirão a vacinação de 100% do público-alvo para a campanha e também para suprir as possíveis perdas que possam a vir acontecer no decorrer deste processo (perda técnica e física do imunobiológico).

Mapa mostra cidades do Rio Grande do Norte com casos suspeitos de coronavírus

mapa2O novo boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, divulgado na tarde desta sexta-feira (27), apontou que o Rio Grande do Norte tem 28 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Em mapa, a Sesap aponta quais os municípios contam com casos suspeito. No total, são 94 cidades.

Comparando com a última lista, publicada na quinta-feira, Frutuoso Gomes, Passa e Fica, Ruy Barbosa, Serra Caiada, Parazinho, Sitio Novo e Vera Cruz deixaram de ter casos suspeitos. O Rio Grande do Norte tem 1.176 casos suspeitos, entre os quais estão quatro pacientes que morreram e cujos óbitos estão em investigação. Ao todo, 282 casos foram descartados.Definição dos casos, segundo a Sesap

Secretaria de Saúde investiga 4 mortes com suspeita de coronavírus no RN

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte investiga pelo menos quatro mortes com suspeita para o novo coronavírus – Covid-19 – segundo informou o secretário Cipriano Maia no início da tarde desta sexta-feira (27). Ao todo, o estado conta com 28 casos de pacientes confirmados para a doença e mais de 1,1 mil suspeitos.

Segundo o boletim epidemiológico da Sesap publicado minutos após a entrevista, os quatro casos são distribuídos em dois municípios: um em Parnamirim, na região metropolitana de Natal, e três de Assu, na região Oeste potiguar. O caso de Parnamirim é o de uma mulher de 47 anos que morreu com sintomas da doença. A investigação foi confirmada pela secretaria municipal de saúde, no dia 19 de março.

‘Estamos apavorados’: o drama de médicos na linha de frente do atendimento ao coronavírus no Brasil

coronavirusMédicos na linha de frente do combate ao novo coronavírus no Brasil têm enfrentado desafios e momentos dramáticos no atendimento e tratamento de pacientes, como falta de equipamentos e demora por exames. A BBC News Brasil ouviu profissionais de três Estados para entender como tem sido este trabalho tanto na rede pública quanto na privada. Seus nomes foram alterados, porque eles temem sofrer retaliação.

Os médicos relatam que os pacientes com Covid-19, a doença causada por esse vírus, estão se multiplicando rapidamente — em um dos hospitais, o número de casos quadruplicou em dois dias, segundo uma médica. Ao mesmo tempo, faltam equipamentos de proteção adequados, e o risco de serem infectados aumenta ainda mais o estresse e o medo em sua rotina diária. Uma das médicas ouvidas pela BBC News Brasil afirmou que ela e seus colegas trabalham “apavorados”.

Brasil tem 2.989 casos e 77 mortos nas 5 regiões

CORONAVÍRUSAs secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 7h40 de sexta-feira (27), 2.989 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil com 77 mortos, 58 deles em São Paulo, de acordo com a secretaria de saúde do estado.

O Ministério da Saúde atualizou seus números na tarde desta quinta-feira, informando que o Brasil registra 2.915 casos confirmados do novo coronavírus e que já foram registradas 77 mortes – os dados ainda não foram atualizados por todas as secretarias de saúde estaduais.

Paraíba atualizou o número de casos para sete no fim da noite de quinta-feira. Já Porto Alegre teve sua segunda morte provocada pela doença, mas ela ainda não foi contabilizada pelo governo local.

UFRN começa a fazer testes para coronavírus

UFRNA Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) começou a realizar testes para detecção do novo coronavírus – o Covid-19 – em pacientes do estado, nessa quarta-feira (25). De acordo com a instituição, foram comprados kits para realização de três mil exames com recursos próprios e do Instituto de Medicina Tropical (IMT).

“Seguindo o protocolo do Ministério da Saúde, todas as amostras estão sendo coletadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (LACEN/RN) e, em seguida, testadas no IMT e no Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas (DACT)”, informou a instituição.

Desde a semana passada, o departamento de análises clínicas já estava atuando na identificação de arboviroses e outras infecções respiratórias para reduzir esta demanda do Lacen. O IMT também disponibilizou uma linha de teleatendimento para orientação das pessoas com sintomas respiratórios ou suspeita da Covid-19. O serviço está disponível das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, através do telefone 3342-2300.

Natal registra mais de 1,5 mil casos de arboviroses no primeiro trimestre

DENGUENatal teve 1580 casos de arboviroses no primeiro trimestre de 2020, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A informação está no último boletim entoepidemiológico da pasta.

Segundo a SMS, foram 1285 notificações de dengue, o que corresponde a 280 casos a mais do que os registrados no mesmo período ano passado. Além da dengue, outras arboviroses apresentam números crescentes na capital, como a Chikungunya, que contabilizou 278 casos, e a Zika, com 17 casos confirmados.

A Secretaria afirma que os bairros do Planalto, Felipe Camarão e Lagoa Azul são áreas com maior incidência desses casos. “Definimos que vamos manter os trabalhos em áreas de alto risco. E o serviço do UBV (carro fumacê), seja na forma portátil ou pesada, vai ser utilizado nessas áreas”, diz Alessandre Medeiros Tavares, coordenador do Centro de Controle de Zoonoses de Natal (CCZ-NATAL)

Criança de dez anos tem morte investigada com suspeita de coronavírus, na Paraíba

CORONAVÍRUSA morte de uma criança de dez anos, nesta quarta-feira (25), no Hospital e Maternidade Caçula Leite (HMCL), de Conceição, na Paraíba, está sendo investigada como suspeita de coronavírus, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Ela deu entrada na unidade de saúde com uma desidratação extrema.

Duas horas depois de chegar ao hospital, o quadro clínico da criança evoluiu para uma parada cardiorrespiratória. O óbito foi constatado às 9h38 da quarta-feira. O hospital seguiu os protocolos e orientações do setor de epidemiologia da Secretaria de Estado da Saúde (SES), coletou a amostra de material pelo método naso e orofaríngeo e encaminhou ao Lacen-PB, em João Pessoa.

A SES confirmou que o caso foi notificado no laboratório e está em investigação para o coronavírus, aguardando resultado do exame. Com essa nova suspeita, a Paraíba aguarda o resultado de dois exames para confirmar ou não a morte por coronavírus. Quatro mortes suspeitas já foram descartas.