Natal conclui campanha contra gripe com 87% do público prioritário vacinado

vacinaMais de 192 mil pessoas foram vacinadas contra a gripe em Natal durante a campanha de vacinação, que começou em 23 de março e terminou na última terça-feira (30). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o total de vacinados foi de 192.061, que representa 87,72% do público prioritário esperado.

Do total de vacinados, 112.451 foram idosos (131%) e 33.909 (109%) foram trabalhadores da saúde, os únicos dois públicos que tiveram números acima das metas do Ministério da Saúde, que é de 90%.

Além disso, 16.589 adultos entre 55 e 59 anos (cerca de 49% do esperado), 4.162 gestantes (48%), 619 puérperas (43%) e 24.920 crianças (41%) também foram vacinados, mas com médias abaixo das projeções da cobertura.

Natal tem 5.555 pacientes curados da Covid-19

coronavírusNatal tem 5.555 pacientes curados da Covid-19 desde o início da pandemia. Os números são da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e estão no balanço da doença que foi divulgado nesta quarta-feira (1).

Segundo a pasta, a capital potiguar registrou até o momento 10.477 casos confirmados do novo coronavírus – o total no RN é de 30.287. O maior número na capital potiguar é de pacientes que estão em quarentena domiciliar: 4.138.

“De acordo com o protocolo do Ministério da Saúde, um paciente sintomático deve permanecer em quarentena por 14 dias. Após esse período, o isolamento pode ser interrompido se não apresentar mais nenhum sintoma. Se o paciente permanecer sintomático, deve manter o isolamento até 72h após os sintomas desaparecerem”, falou Juliana Araújo, diretora do Departamento de Vigilância da SMS-Natal.

Rio Grande do Norte passa das 1 mil mortes confirmadas por Covid-19

O Rio Grande do Norte ultrapassou as 1 mil mortes confirmadas pelo novo coronavírus nesta terça-feira (30), segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Ao todo, o estado tem 1.034 mortes pela Covid-19 desde o início da pandemia e também chegou à marca de 30.287 infectados. Foram 94 dias de diferença entre a primeira e a milésima morte no estado.

A primeira morte confirmada no RN aconteceu no dia 28 de março, em Mossoró, na região Oeste. O professor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Luiz Di Souza, de 61 anos, morreu após ficar sete dias internado em um hospital privado da cidade.

O mês de março marcou o início dos decretos estaduais e municipais para restrição na circulação de pessoas e fechamento de parte do comércio. Foram, então, 46 dias até o RN ultrapassar a marca de 100 mortes, no dia 13 de maio.

Coronavírus e câncer usam mesmo mecanismo para se espalhar nas células

BB166WGIAtualmente, a maioria dos antivirais em uso tem como alvo partes de um vírus invasor. Infelizmente, o SARS-CoV-2 – o vírus que causa a covid-19 – provou ser difícil de matar. Mas os vírus dependem de mecanismos celulares nas células humanas para ajudá-las a se espalhar. Por isso, deve ser possível alterar um aspecto do corpo de uma pessoa para impedir isso e desacelerar o vírus o suficiente para permitir que o sistema imunológico lute contra o invasor.

Sou biólogo quantitativo e meu laboratório construiu um mapa de como o coronavírus usa células humanas. Usamos esse mapa para encontrar medicamentos já existentes que poderiam ser reaproveitados para combater a covid-19 e estamos trabalhando com um grupo internacional de pesquisadores chamado QBI Coronavirus Research Group para verificar se os medicamentos que identificamos mostravam alguma promessa. Muitos têm.

ANS define teste sorológico para o novo coronavírus como cobertura obrigatória de planos de saúde

sangueA Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) incluiu nesta segunda-feira (29) o teste sorológico para o novo coronavírus na lista de coberturas obrigatórias dos planos de saúde. A medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União e passa a valer imediatamente.

A inclusão do teste teste sorológico no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde atende à decisão judicial dada em Ação Civil Pública movida pela Associação de Defesa dos Usuários de Seguros, Planos e Sistemas de Saúde (Aduseps), de Pernambuco. Agora, o exame pode ser feito sem custo extra, contanto que haja requisição feita por um médico. Para encaminhamento, o paciente tem que ter apresentado sintomas de quadro gripal ou síndrome respiratória.

Empresa chinesa diz que vacina contra coronavírus mostra-se promissora em teste humano

vacinaO China National Biotec Group (CNBG) afirmou neste domingo que resultados iniciais de testes em humanos para uma candidata a vacina contra o coronavírus sugere que ela pode ser segura e efetiva, a segunda da empresa a mostrar resultados encorajadores nos testes clínicos.

A vacina experimental, desenvolvida por uma unidade de Pequim do CNBG, induziu anticorpos de algo nível em todos os participantes inoculados em um teste envolvendo 1.120 pessoas saudáveis, de acordo com dados preliminares dos testes, disse a CNBG na plataforma social WeChat, sem dar mais detalhes. Empresas e pequisadores chineses receberam permissão para testar oito candidatas a vacina em humanos tanto no país quanto no exterior

Profissionais de saúde são 10% do total de casos confirmados de Covid-19 no RN

kelly-lima-coletiva-de-imprensa-elisa-elsie-1-Dados apresentados pela Secretaria Estadual de Saúde Pública nesta sexta-feira (26) apontam que 2.207 profissionais de saúde testaram positivo para a Covid-19 durante a pandemia. O Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador (Cerest) da Sesap atesta que, hoje, aproximadamente 10% das pessoas infectadas pelo novo coronavírus no estado são profissionais da saúde das redes pública (estadual e municipal) e privada.

O Rio Grande do Norte soma até esta sexta-feira 22.738 casos confirmados de Covid-19, de acordo com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN).  “Hoje temos menos de 10% casos. A redução se deu devido ao intenso trabalho que realizamos nas unidades de saúde com orientações sobre biossegurança e uso adequado de EPIs”, afirmou Kelly Lima, coordenadora do Cerest.

Fiocruz: antiviral para hepatite tem bom resultado contra a covid-19

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ

Um estudo liderado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com medicamentos que são usados para tratar hepatite C mostrou eficácia contra o novo coronavírus, que causa a covid-19. A doença já infectou mais de 9,6 milhões de pessoas no mundo e matou quase 490 mil, segundo o painel global da universidade Johns Hopkins. No Brasil, os dados de ontem (25) do Ministério da Saúde contabilizam 1.228.114 casos e 54.971 óbitos.

Em experimentos in vitro com três linhagens de células, incluindo células pulmonares humanas, o antiviral daclastavir impediu a produção de partículas virais do novo coronavírus que causam a infecção. O medicamento foi de 1,1 a 4 vezes mais eficiente do que outros remédios que estão sendo usados nos estudos clínicos da covid-19, como a cloroquina, a combinação de lopinavir e ritonavir e a ribavirina, este último também usado no tratamento de hepatite.

Lar para idosos em Jucurutu registra 19 casos de Covid-19

lar-do-idosoUma instituição de longa permanência para idosos na cidade de Jucurutu, região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou 19 diagnósticos positivos para o novo coronavírus, na quinta-feira (25). Ao todo, 14 idosos e cinco funcionários contraíram a Covid-19.

Segundo a secretaria de saúde do município, os idosos e os funcionários tiveram sintomas leves e estão em acompanhamento. O lar de idosos foi fechado para visitas em março, desde então apenas funcionários tinham acesso ao local. Todos os 18 idosos do abrigo passaram por teste depois que uma das cuidadoras, uma mulher de 46 anos, se contaminou.

O que temia a coordenação da instituição de longa permanência para idosos acabou acontecendo, o vírus rapidamente se espalhou pela casa. De acordo com a prefeitura de Jucurutu, os 14 idosos estão estáveis e isolados. Os outros quatro moradores que testaram negativo para a Covid-19 permanecem no abrigo porque não têm para onde ir.