50 anos após chegada à Lua, Nasa planeja enviar 1ª mulher

LUACinquenta anos depois de a missão Apollo 11 pousar na Lua pela primeira vez, chegou a hora de voltar. Novas viagens tripuladas estão previstas, além da criação de uma base orbital e da chegada da primeira mulher ao satélite. Qual é a razão de tudo isso? Se aproximar de um projeto de “Lua colonizável” e, assim, criar um lugar para fazer escala antes de chegar até Marte.

A agência espacial americana (Nasa) quer estabelecer presença humana permanente na Lua na próxima década. A nave Gateway está em fase de projeto e deverá orbitar o satélite natural. Ela será um “escritório” para os astronautas a cinco dias de viagem da Terra.

A primeira parte da Gateway deverá ser lançada em 2022. Depois, o Sistema de Lançamento Espacial (SLS, sigla em inglês) levará dois novos módulos para acoplar à nave orbital. Toda essa infraestrutura será o núcleo para a exploração humana da Lua, transformando-a em uma base para a próxima missão. Os testes devem começar em uma missão não tripulada no ano que vem.

Papa Francisco elogiou encontro entre EUA e Coreia do Norte

PAPAO Papa Francisco elogiou o encontro entre Trump e Kim. “Nas últimas horas, vimos na Coreia um bom exemplo da cultura do encontro. Eu saúdo os protagonistas, com uma oração para que um gesto tão significativo seja mais um passo no caminho para a paz, não apenas naquela península, mas para o bem do mundo inteiro”, declarou o pontífice em seu discurso semanal na Praça de São Pedro, no Vaticano.

Na última terça-feira (25), 20 mil fiéis Igreja Católica da Coreia do Sul rezaram por paz na península coreana, em uma missa que marcou o 69º aniversário do início da guerra entre os dois países.

Trump cruza a fronteira e se torna 1º presidente dos EUA a entrar na Coreia do Norte

EUA X COREIAO presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, se encontraram neste domingo (30) na Zona Desmilitarizada entre as Coreias do Norte e do Sul. Após um simbólico aperto de mãos, Trump cruzou a fronteira e se tornou o primeiro presidente dos Estados Unidos a pisar em solo norte-coreano.

O encontro marcou a terceira vez que os dois líderes se reúnem. Na última reunião, no Vietnã, em fevereiro, Trump e Kim deixaram a cúpula um dia antes do previsto, sem resultados. A intenção era discutir relações bilaterais e convencer a Coreia do Norte a desistir de seu programa nuclear, mas as tratativas não foram adiante.

Neste domingo (30), quando os dois presidentes se cumprimentaram na fronteira entre os dois países, expressaram esperanças de paz, segundo a Reuters. “Fico feliz em vê-lo de novo. Jamais esperava vê-lo neste lugar”, disse Kim. “Trata-se de um momento histórico que pretende pôr fim ao conflito na península”, afirmou o líder norte-coreano a jornalistas.

Papa manifesta ‘imensa tristeza’ com foto de imigrantes afogados

IMAGEMO Papa Francisco manifestou grande tristeza em ver uma foto de um homem de El Salvador e de sua filha de pouco menos de 2 anos mortos, de bruços, no Rio Grande, depois de tentarem atravessar o rio na fronteira do México com os Estados Unidos, disse o Vaticano nesta quarta-feira (26).

A foto de Óscar Alberto Martínez Ramírez e de sua filha Valeria se tornou viral nas redes sociais nos EUA e gerou renovado debate sobre a difícil situação de refugiados e imigrantes oriundos da América Central.

“Com imensa tristeza, o Santo Padre viu as imagens do pai e de sua filha bebê que se afogaram no Rio Grande”, disse o porta-voz do Vaticano, Alessandro Gisotti. “O papa está profundamente entristecido com a morte deles e está rezando por eles e por todos os imigrantes que perderam suas vidas na tentativa de fugir da guerra e da miséria.”

Irã diz que responderá ameaças com ‘firmeza’

download-1O Irã responderá com firmeza a qualquer ameaça dos Estados Unidos contra o país, afirmou neste sábado (22), a agência de notícias oficial Tasnim, citando o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Abbas Mousavi. A ameaça vem depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometer novas sanções ao país e afirmar que “não descartou um ataque militar contra os iranianos”.

“Não permitiremos qualquer violação contra as fronteiras do Irã. O Irã enfrentará com firmeza qualquer agressão ou ameaça da América”, disse o porta-voz iraniano. “Atirar uma bala em direção ao Irã irá provocar a destruição dos interesses da América e de seus aliados” na região, declarou o general de brigada Abolfazl Shekarchi, porta-voz do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas iranianas em uma entrevista à agência Tasnim

Igreja Católica pode reconhecer a existência de filhos de padres e freiras

olivier-ribadeau-dumas-largeurA Igreja Católica se prepara para dar um passo sem precedentes e reconhecer oficialmente a existência de filhos de padres e freiras, questão vista como tabu dentro da instituição. A Conferência dos Bispos da França anunciou neste sábado (18) que conversará com pessoas que nasceram de relações proibidas pela Santa Sé.

Segundo o jornal Le Monde, três franceses – membros da associação “Filhos do Silêncio” – da qual fazem parte cerca de 50 filhas e filhos de padres – já foram recebidos em fevereiro, pela primeira vez, na sede da Conferência dos Bispos da França, em Paris. No encontro, até então confidencial, o secretário-geral da instituição, Olivier Ribadeau-Dumas, ouviu o testemunho desses filhos de religiosos católicos.

Na reunião classificada como “cordial e construtiva”, Ribadeau-Dumas afirma ter escutado “o sofrimento” de pessoas vistas como o fruto do pecado, rejeitadas e criadas em segredo. A situação perdurou durante séculos dentro da Igreja Católica, onde o celibato é a regra para todos religiosos e religiosas.

Trump defende negociações comerciais com a China e diz que EUA estão em posição melhor

donald trumpO presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu nesta terça-feira (14) sua guerra comercial com a China no momento em que as tensões se intensificam, dizendo que esse é um modelo para negociações norte-americanas com outros países.

“Estamos em uma posição muito melhor agora do que qualquer acordo que pudéssemos ter feito” com Pequim, disse ele em uma série de publicações no Twitter. “Outros países já estão negociando conosco porque não querem que isso aconteça com eles. Eles têm que fazer parte da ação dos EUA.”

Donald Trump diz que Coreia do Norte ‘não está pronta’ para negociar com EUA

TRUMPO presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (9) não acreditar que a Coreia do Norte esteja pronta para negociar com os norte-americanos. Foi a primeira declaração do republicano apóssegundo teste com mísseis feito pelo regime de Kim Jong-un neste mês – no começo de maio, o país asiático fez outro exercício com armas.

Trump disse que os EUA “analisam seriamente os últimos lançamentos”. Ele disse não acreditar que o regime de Kim Jong-un esteja preparado para negociar com os norte-americanos. “Estamos olhando para isso de maneira muito séria agora. Eles eram mísseis menores, de alcance médio. Ninguém está feliz, mas estamos olhando bem e veremos. A relação continua”, disse.

Coreia do Norte faz novo disparo de projétil

correia kim Jong-un coreiaA agência de notícias sul-coreana Yonhap informou nesta quinta-feira (9) que, segundo membros do Estado Maior das Forças Armadas do país, a Coreia do Norte teria disparado um projétil não identificado. Detalhes sobre o projétil, como sua trajetória ou se foi lançado mais de um, ainda não são conhecidos.

Uma autoridade de alto escalão do Ministério da Defesa do Japão disse que projéteis aparentemente disparados pela Coreia do Norte não parecem ter alcançado o território japonês ou a sua zona econômica exclusiva.

Bolsas da China têm maior queda em mais de 3 anos após novas ameaças de Trump

donald trumpOs mercados globais tiveram um forte abalo nesta segunda-feira (6) após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciar no domingo (5) que o país vai aumentar de 10% para 25% as tarifas sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses importados a partir de sexta-feira (10) e ameaçar elevar o alcance das tarifas.

Os investidores foram pegos de surpresa pelas ameaças de Trump, uma vez que a expectativa era de avanço nas negociações comerciais entre as duas potências. Os principais índices acionários da China mostraram sua maior queda em mais de três anos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, e o índice Xangai caíram mais de 5% cada um, registrando a maior queda em um único dia desde fevereiro de 2016. As principais bolsas asiáticas também fecharam em queda.