UERN emite nota de pesar pelo falecimento de professor com Covid-19

UERNA Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), comunica, com profundo pesar, o falecimento do professor Dr. Luiz Di Souza, ocorrido neste sábado, 28 de março.

Luiz Di Souza tinha 61 anos, era diabético e estava internado desde a última terça-feira (24), com sintomas de Coronavírus (COVID-19). O resultado positivo do exame saiu neste sábado (28), mas, infelizmente, o professor não resistiu.

Lotado no Departamento de Química, da Faculdade de Ciências Exatas e Naturais (FANAT), o professor Luiz Di Souza trabalhou durante mais de 20 anos na UERN, contribuindo com a graduação, iniciação científica, extensão e pós-graduação da UERN. Entre seus projetos, destaca-se o grupo Fanáticos da Química, que utiliza a linguagem lúdica na popularização da Ciência.

A Universidade se solidariza com a família, amigos e alunos do professor Luiz Di Souza, agradecendo sua dedicação e o relevante trabalho em todos esses anos. A UERN decreta luto oficial com hasteamento da bandeira a meio mastro. Devido aos riscos da doença, não haverá velório.

EAD ganha impulso com a suspensão das aulas

EADO confinamento preventivo em casa, para não se infectar e não ajudar a propagar o novo coronavírus, criou um ponto de inflexão na trajetória do ensino no Brasil. Em 18 de março, o Ministério da Educação publicou a Portaria nº 343, que autoriza “em caráter excepcional” a substituição de aulas presenciais por aulas do modelo educação a distânica (EAD) que utilizem tecnologia de informação e comunicação remota em cursos que estavam em andamento.

Paralela a norma do MEC, governadores e prefeitos suspenderam as aulas para evitar o crescimento da covid-19 como já aconteceu na China, Coreia do Sul, Itália, Espanha e nos Estados Unidos. As iniciativas públicas fizeram com que “diversas instituições adotassem a modalidade EAD [Educação a Distância] literalmente do dia para a noite em cursos presenciais em andamento, inclusive no ensino médio”, registra André Luis Garbulha, especialista há 18 anos na modalidade de ensino e aprendizagem.

Fábrica é autuada após denúncias de fraude em rótulos de álcool em gel 70%, em Patos, PB

proconpatosUma fábrica de produtos de limpeza foi autuada pelo Procon Municipal de Patos, no Sertão da Paraíba, após denúncias de fraude em rótulos de embalagens de álcool em gel 70%. O órgão chegou até o local neste sábado (28) com o objetivo de resguardar o direito do consumidor durante o período de quarentena em prevenção ao novo coronavírus.

De acordo com o secretário do Procon Patos, Mainar Júnior, durante a vistoria foi identificado que alguns produtos estavam com um adesivo contendo informações divergentes do que havia originalmente no rótulo do produto.

“A empresa foi autuada, e se responsabilizou pelo recolhimento dos produtos nos fornecedores e, ainda, se disponibilizou a devolver as quantias pagas pelos produtos aos consumidores, mediante solicitação”, disse o secretário.

No ato da autuação, a empresa informou que a medida tomada foi para poder fornecer o produto álcool em gel 70% com mais rapidez aos consumidores. E que, agora, o produto só será disponibilizado quando houver as devidas correções no próprio rótulo do produto.

Secretaria de Saúde confirma primeira morte por coronavírus no RN

whatsapp-image-2020-03-29-at-08.06.17A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte confirmou, no final da noite deste sábado (28), o primeiro óbito pelo novo coronavírus no estado. A vítima é um professor universitário de 61 anos, com histórico de diabetes, e que teve confirmação do diagnóstico para Covid-19 na última sexta-feira (27). De acordo com a pasta, o paciente deu entrada em um hospital privado na cidade de Mossoró, Oeste potiguar, no dia 21 de março, com histórico de contato com um caso suspeito. O falecimento aconteceu na noite deste sábado.

O professor universitário Dr. Luiz Di Souza era lotado no Departamento de Química, da Faculdade de Ciências Exatas e Naturais da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). A instituição comunicou o falecimento do professor em nota oficial e decretou luto.

Na nota publicada, a universidade lamentou a morte do professor e também informou que, devido aos riscos da doença, não haverá velório. “A morte de um potiguar por Covid-19 reforça o que tem sido recomendado diariamente: a população que pode, deve ficar em casa, e todos devem seguir as orientações das autoridades sanitárias. Esse período exige de cada um de nós consciência e responsabilidade”, afirmou a pasta, em nota.

Lojas da Ceasa começam a fazer entregas em domicílio em Natal

verdurasA Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) comunicou nesta sexta-feira (27) que algumas de suas lojas permissionárias estão trabalhando com entregas a domicílio. A situação se deve por conta da situação de emergência do Rio Grande do Norte por conta do novo coronavírus e pelas recomendações de isolamento social como medida de prevenção da doença.

Na Ceasa-RN algumas medidas também estão sendo adotadas para reduzir o fluxo de pessoas. A administração fechou bares, restaurantes, lanchonetes e a portaria que dá acesso pela Avenida Jerônimo Câmara. Há ainda uma recomendação para evitar aglomeração de pessoas, limitando o número de clientes nas lojas.

Em 25 dias, potiguares fazem 89 mil declarações do Imposto de Renda

IMPOSTO DE RENDAMais de 89,4 mil contribuintes potiguares enviaram suas declarações de Imposto de Renda à Receita Federal até às 11h50 desta sexta-feira (27), segundo informou a delegacia do órgão em Natal. O número representa cerca de 26% do esperado para este ano, no estado. O prazo para fazer a declaração é o dia 30 de abril.

Em todo o país, até agora, foram entregues 7.691.366 declarações, enquanto são aguardadas 32 milhões até o fim do prazo. O prazo de entrega da declaração será encerrado às 23h59 e 59 segundos do dia 30 de abril de 2020. A temporada de envios de 2020 (com ano-base 2019) foi iniciada no dia 2 de março.

De acordo com a Receita Federal, a multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo será correspondente a 20% do imposto devido.

Setor hoteleiro do RN quer auxílio do poder público para enfrentar crise

PRAIA DE PONTA NEGRAO setor de hotelaria do Rio Grande do Norte teve 90% das reservas de hospedagens canceladas para o mês de março, por causa da pandemia do novo coronavírus. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN), houve uma queda de 75% nos voos nacionais e 95% nos internacionais, e o setor quer auxílio do poder público para não entrar em colapso.

O presidente da ABIH-RN quer ainda que o governo do Estado zere a alíquota do ICMS da energia elétrica, de água e gás por, pelo menos, 12 meses, e não corte a luz dos estabelecimentos por inadimplência. “Pois mesmo sem atividade as estruturas ainda precisam de manutenção, e não tem como arcar com tamanha cobrança em um momento de praticamente zero arrecadação e ocupação”, alega.

Defensoria recomenda que merenda escolar de alunos da rede pública do RN seja garantida

merendaA Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE) recomendou que a Prefeitura de Natal e o Governo do Estado mantenham a oferta de merenda escolar durante o período de pandemia do coronavírus. Esta recomendação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira e indica que a merenda seja entregue em kits às famílias dos estudantes da rede pública municipal e estadual.

A medida do DPE considerou a declaração do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante esta semana, na qual destacou a importância nutricional e social da alimentação oferecida pela escola. A orientação é que a merenda seja fornecida através de kits a serem entregues às famílias dos estudantes da rede pública municipal e estadual de ensino com periodicidade semanal ou quinzenal. Também aponta que seja organizado um cronograma de entregas para evitar aglomeração de pessoas no recebimento, de forma a evitar, ao máximo, exposição dos estudantes e familiares à contaminação pelo novo coronavírus.

DER prorroga validade das carteiras de estudante no RN por causa do coronavírus

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN) prorrogou a validade das Carteiras de Identificação Estudantil emitidas em 2019 para até 30 de abril deste ano. O documento dá direito a descontos em viagens intermunicipais de transporte rodoviário. A medida tem objetivo de evitar aglomeração de pessoas nas centrais de atendimento e evitar contágio do novo coronavírus, o Covid-19.

“A medida atinge cerca de cinquenta mil alunos de todos os municípios do Estado, e também do IFRN e universidades. As entidades que emitem carteiras foram registradas no DER-RN no ano passado. É importante que os alunos não procurem essas entidades para evitar aglomerações”, afirma Rômulo Lins, diretor de Transportes do DER-RN.

A medida está em vigor desde a última quarta-feira (24) data da publicação da portaria nº 0020/2020, no Diário Oficial do Rio Grande do Norte assinada pelo diretor-geral do DER-RN, Manoel Marques.

Professores do IFRN produzem álcool em gel e sabão ecológico para ajudar na prevenção ao coronavírus

ifrn-campus-nova-cruz-2Professores do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) Campus Nova Cruz começaram a produzir álcool em gel e sabão ecológico para ajudar na prevenção ao novo coronavírus (Covid-19). A ideia é dos professores de química Allan Nilson de Sousa Dantas e Djeson Mateus Alves da Costa, além do técnico em laboratório Arnaldo Ivo da Silva Aquino.

O primeiro lote de 50 frascos de 100ml foi distribuído para o Batalhão de Polícia Militar de Nova Cruz, Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) e entidades sociais sem fins lucrativos. O projeto tem parceria com a Secretaria de Saúde local e busca apoio da iniciativa privada para aumentar a produção.