Abono PIS-Pasep: pagamento começa nesta quinta para nascidos em agosto

PISComeça a ser pago nesta quinta-feira (25) o abono salarial PIS do calendário 2019-2020, ano-base 2018. Os pagamentos começam a ser feitos pela Caixa Econômica Federal para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em agosto. No caso do Pasep, que é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil, o pagamento começa para quem tem final da inscrição 1.

Para quem tem conta na Caixa, o pagamento do abono do PIS começou a ser feito na terça-feira (13). Para os trabalhadores do setor privados com aniversário em julho e os servidores com final da inscrição 0, o pagamento foi liberado em julho. O calendário de recebimento leva em consideração o mês de nascimento, para trabalhadores da iniciativa privada, e o número final da inscrição, para servidores públicos.

Governo do RN divulga calendário de pagamento de agosto

dinheiroO Governo do Rio Grande do Norte divulgou nesta terça-feira, 13, o calendário de pagamento dos servidores públicos. Em imagem publicada no perfil oficial do Governo do RN no Instagram, estão especificadas as datas para lançamento dos salários.

No dia 15 de agosto, servidores que recebem até R$ 3 mil e servidores da segurança pública receberão integralmente. No mesmo dia, quem recebe mais de R$ 3 mil receberá 30% do valor. Já no dia 31 de agosto, os que recebem mais de R$ 3 mil receberão o restante do salário (70%), além dos servidores de órgãos com arrecadação própria.

Governo do RN: pagamento do 13º de 2019 depende de recurso extra

GOVERNO DO RNO pagamento do 13º salário deste ano e as quitações das três folhas salariais em atraso, referentes a 2018, do  funcionalismo público dependem da obtenção de recursos extras pelo Governo do Estado. A governadora Fátima Bezerra está hoje, em Brasília, onde o Conselho de Administração do Banco do  Brasil analisa a proposta do  governo com  relação à venda da conta da folha de pessoal dos servidores, enquanto também “está lutando por recursos da cessão onerosa” do pré-sal, que já foi aprovado na Câmara dos Deputados e agora está para ser votado no Senado.

A governadora Fátima Bezerra disse que de um total estimado em  R$ 106 bilhões do leilão da cessão onerosa, o rateio previsto é de 30% para estados e municípios à razão de 15% para os 27 estados e distrito federal e 15% para mais de 5.600 municípios do país. “O Estado pode obter R$ 430 milhões de recursos extras”, afirmou.

Mudança no IR pode custar até R$ 40 bilhões

IMPOSTO DE RENDA 201,Declaração IRPF 2019A proposta do presidente Jair Bolsonaro de aumentar a isenção da tabela do Imposto de Renda para quem ganha até cinco salários mínimos (R$ 4.990), que voltou a ser defendida nesta sexta-feira, 9, traria uma perda de arrecadação de cerca de R$ 39 bilhões. Hoje, quem ganha até R$ 1.903,98 por mês está isento de declarar o IR. A proposta de Bolsonaro atingiria 11,2 milhões de pessoas. O cálculo não leva em conta o fim das deduções médicas na declaração de IR, medida em estudo pela equipe econômica.

“Vou continuar batendo nesta tecla, porque acho que quem ganha até cinco mínimos em grande parte, quase todo mundo tem o imposto retornado para eles. Se a gente puder facilitar a vida deles, seria muito bom no meu entender”, declarou o presidente nesta sexta-feira na portaria do Palácio da Alvorada, ao ser questionado sobre a proposta do governo de reforma tributária.

Governo estuda corrigir tabela do IR pela inflação para compensar fim de deduções

receitaO governo estuda corrigir a faixa inferior de isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física (hoje, em R$ 1.903,98 mensais) pela inflação, além de promover um corte linear nas alíquotas de todas as faixas de renda, segundo apurou o ‘Estado’ com fontes da área econômica. A tabela não é reajustada desde 2015.

As medidas seriam uma recompensa ao fim das deduções de gastos com saúde e educação. Deduções permitem diminuir o valor do imposto a ser pago ou aumentar a restituição a receber. O Estado antecipou em julho que a equipe econômica estudava acabar com as deduções médicas em troca de um corte linear das alíquotas. Uma das ideias é que, além do corte linear, também se dê reajuste à faixa de isenção – o que faria com que mais brasileiros ficassem desobrigados de fazer a declaração ao Fisco.

Receita abre amanhã consulta a lote de restituição do IR

receitaOs contribuintes poderão consultar se estão no terceiro lote de restituição de Imposto de Renda, a partir das 9h desta quinta-feira (8). O lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

O crédito bancário para mais de 2,978 milhões contribuintes será realizado no dia 15 de agosto, totalizando o valor de R$ 3,8 bilhões. Desse total, R$ 298,493 milhões são para contribuintes com prioridade: 7.532 idosos acima de 80 anos, 44.062 entre 60 e 79 anos, 6.888 com alguma deficiência física ou mental ou doença grave, e 24.513 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Vendas do varejo potiguar têm queda de 1,3% no primeiro semestre, diz IBGE

COMÉRCIOO volume de vendas do Rio Grande do Norte ficou “empatado” em junho, na comparação com o mês de maio, segundo dados da Pesquisa Mensal de Comércio divulgada nesta quarta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No acumulado do primeiro semestre, a variação ficou negativa (-1,3%), mesmo com as receitas nominais (sem ajuste de cálculo que leve em conta a inflação, por exemplo) crescendo 3%. No comparativo de junho com o mesmo período do ano passado, o resultado fica ainda pior: o volume de vendas caiu -2,4% no estado.

A variação de junho em relação ao mês anterior, com ajuste sazonal, ficou em 0%, seguindo uma tendência de estabilidade, no país. Em maio, o resultado foi de -0,6% e em abril, -0,1%. Porém, se considerados os valores negociados, o resultado é pior: houve queda de -0,4%.

Caixa prevê R$ 357 milhões para saques das contas do FGTS no RN

dinheiroA Caixa Econômica Federal (CEF) divulgou nesta segunda-feira (5) o calendário de saques de até R$ 500,00 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Um total de 1.134.867 trabalhadores potiguares poderão sacar mais de R$ 357 milhões, até março do ano que vem.

De acordo com o banco público, a previsão é de que R$ 277.319.360,92 sejam liberados ainda neste ano para 785.368 pessoas, no estado. Entre janeiro e março do próximo ano, outros R$ 79.943.302,02 ficarão disponíveis a para 349.500 potiguares, conforme a data de nascimento dos usuários. Ao todo, R$ 357.262.662,94 poderão ser sacados.

Cronograma de liberação do FGTS será divulgado nesta segunda-feira

caixa - FGTSA Caixa Econômica Federal anuncia nesta segunda-feira (5) o cronograma de liberação do saque imediato de parcela de até R$ 500 por conta ativa ou conta inativa do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Conforme a Medida Provisória nº 889, as liberações ocorrerão de setembro deste ano a março de 2020. A projeção do Ministério da Economia é alcançar 96 milhões de trabalhadores e injetar R$ 30 bilhões na economia – R$ 28 bilhões em 2019 e R$ 12 bilhões em 2020.

A indústria e o comércio têm expectativa de aquecimento econômico com a liberação desses recursos. Segundo o economista Marcelo Azevedo, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), “é uma medida de curto prazo que é fundamental para a retomada da economia. Se as medidas de longo prazo [como as reformas da Previdência Social e tributária] vão ajudar a sustentar [o crescimento], medidas como liberação de recursos têm potencial de, no curto prazo, uma injeção necessária para o primeiro arranque na economia”, defende.

Com FGTS, PIB pode crescer além do esperado

pagamento fgtsA liberação imediata de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS/Pasep pode levar a um crescimento do PIB, em 12 meses, superior ao previsto pelo governo (0,35 ponto porcentual), aponta estudo da LCA Consultores, obtido com exclusividade pelo jornal O Estado de São Paulo.

Em exercício, que leva em conta liberações semelhantes em 2017 e 2018, a consultoria calcula um impacto aproximado de 0,55 ponto em um ano, considerando os cerca de R$ 42 bilhões de recursos e o impacto direto e indireto na economia.

O número maior de beneficiados, o valor baixo do saque médio e a situação das famílias atualmente dão segurança à LCA de que a parcela destinada ao consumo pode ser maior que na experiência anterior, que elevou o PIB entre 0,2 ponto e 0,3 ponto, segundo o economista responsável pelo estudo, Vitor Vidal. Em 2017, segundo estudo da Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo, 25% dos R$ 44 bilhões liberados em contas inativas foram usados para consumir.